A Liga dos Amigos do Hospital de São João do Porto nasceu a 20 de Dezembro de 2006 com o objetivo de dar  apoio a crianças e idosos carenciados em contexto de internamento. Esta é uma liga que luta diariamente para que a passagem dos doentes pelo Hospital seja, em todas as vertentes da sua função de atendimento, o mais eficaz, agradável e humanizada possível: colmatando lacunas, evitando conflitos, criando sinergias. A sensibilidade humanitária que move a Liga dos Amigos do Hospital de São João inspirou o Banco Finantia a apoiar esta causa.

Acreditar que um mundo melhor é possível

Para a Liga dos Amigos do Hospital de São João do Porto é imperativo ético trazer para o centro das preocupações o bem estar dos utentes, especialmente dos mais carenciados e em situações de fragilidade, económica ou social. É com base neste imperativo que a Liga luta todos os dias por um mundo melhor.

Para cumprir a sua missão, a Liga estabeleceu elos funcionais fortes com a Direção do Centro Hospitalar de São João no Porto  e com a secção do Voluntariado de forma a que, de acordo com os princípios e valores que orientam a sua atividade, fossem delineados os seguintes objetivos que orientam a sua atuação diária:

  • Contribuir para que o Hospital de São João seja cada vez mais uma instituição humanizada, eficiente e de elevado grau de credibilidade e confiabilidade;
  • Cultivar laços e criar formas de fraternidade e solidariedade entre doentes, os seus familiares, pessoas e instituições dos seus locais de residência;
  • Organizar conferências, debates, ações de sensibilização e de formação, publicações e outras iniciativas que tenham uma relação direta com os fins da Liga;
  • Colaborar com todas as pessoas singulares e coletivas que possam confluir com os objetivos da Liga;
  • Motivar os associados, proporcionar-lhes razões de participação e prestar-lhes toda a informação sobre as atividades associativas;
  • Identificar necessidades de melhoria e propor soluções que sejam exequíveis relativamente a eventuais problemas que possam afetar o bom funcionamento do Hospital de São João e o bem-estar dos doentes.